Episcopado da Inglaterra

Batalha legal

Os medicos do Grand Ormond Street Hospital se opuseram, defendendo que a terapia nao melhoraria a qualidade de vida de Charlie.

O caso foi parar nos tribunais britanicos- que sempre se pronunciaram favoraveis aos medico: em 11 de abril em primeira instancia, em 25 de maio no apelo, em 8 de junho na Corte Suprema- e na Corte Europeia dos Direitos do Homem, que em 27 de junho indeferiu definitivamente o apelo dos pais.

Chris Gard e Connie Yates haviam pedido para levar Charlie para casa e ali desligar os aparelhos que o mantem vivo. Medicos e juristas explicaram a eles que no infirmary existem instrumentos necessarios para reduzir ao minimo o sofrimento das criancas.

Uma ultima esperanca foi oferecida por instituicoes italianas e estadunidenses, que se ofereceram em acolher Charlie e submete-los a tratamentos experimentais.

Os pais do pequeno haviam sustentado esta batalha nos tribunais ate a decisao de ontem, segunda-feira.( JE)

( from Vatican Radio )

Portal Terra de Santa Cruz

 

 

Episcopado da Inglaterra

Tambem a Conferencia Episcopal da Inglaterra e do Pais de Gales expressou” sua mais profunda simpatia e compaixao” pelos pais de Charlie e por seu filho.

” De fato, e por Charlie, seus pais e familia que todos oramos, esperando que eles possam, como familia, receber o apoio e o espaco para encontrar a paz nos proximos dias. A despedida de seu filho, pequeno e precioso, toca os coracoes de todos os que, como o Papa Francisco, seguiram essa historia triste e complexa. A vida de Charlie sera apreciada com amor ate seu fim natural”

No comunicado, os bispos destacam a importancia de recordar” que todos os envolvidos nessas decisoes agonizantes tem procurado agir com integridade e para o bem de Charlie como eles o veem. O profissionalismo, o amor e o cuidado por muitas criancas gravemente enfermas no Hospital Great Ormond Street tambem devem ser reconhecidos e aplaudidos “.

A historia

Charlie Gard nasceu saudavel em 4 de agosto de 2016. Cerca de dois meses mais tarde, os pais- Chris Gard e Connie Yates- perceberam que o bebe tinha dificuldades em se movimentar.

Os medicos descobriram entao que Charlie era portador de uma doenca genetica rara, que provocava um progressivo enfraquecimento do musculos e danos cerebrais. No momento, nao existe nenhum tratamento.

Em outubro de 2016, comecaram a se manifestar claras dificuldades respiratorias: Charlie foi entao internado no Great Ormond Street Hospital, onde foi mantido vivo gracas a aparelhos que o ajudavam a respirar e a absorver substancias nutritivas.

Em janeiro de 2017 os pais de Charlie lancaram uma campanha de coleta de fundos para leva-lo aos Estados Unidos e submete-lo a uma terapia experimental.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s